fechar menu 

Guia de viagem Israel

 
 

Israel é um destino que rapidamente surpreende qualquer viajante. Disponibiliza um sem número de atrações para todos os gostos e interesses.

Normalmente, quando pensamos em Israel, associamos de imediato ao turismo religioso. Sem dúvida, que é um dos marcos deste país. Mas não só! Também te irás surpreender com as inúmeras paisagens naturais que tens à tua espera.

Fica connosco e acompanha-nos neste guia de viagem Israel que preparamos para ti.

Informação essencial para visitares Israel

 
 

Língua:

O hebraico e o árabe são as línguas oficiais. O inglês é a língua estrangeira mais falada, seguida do russo.

Moeda:

Shekel (ILS)

Vistos:

Os portugueses estão isentos de visto para uma viagem de turismo até 90 dias. Deves ter um passaporte com validade ou superior a 6 meses a contar da data de regresso. É importante que tenhas sempre contigo a passagem de regresso e as reservas dos hotéis.

Média de custos:

Média de custos por dia (por pessoa):  91€

Média de custos por semana (por casal):  1300€

Alojamento em quarto duplo: 100€

Refeição (por casal):  40€

Aluguer de carro por dia: 100€

Excursões: 100€

Nota: os preços são meramente ilustrativos e não dispensam a consulta de diferentes opções que existem no país.

Revolut para Israel:

Muitos são os receios e preocupações quanto aos gastos, câmbios e segurança das transações em viagem. Nós usamos o Revolut, porque constatámos que é a forma mais segura para efetuar pagamentos e levantamentos em qualquer parte do mundo, a que representa menos custos e a que nos dá a longo prazo a possibilidade de recuperar algum do dinheiro investido nas nossas viagens. Vê aqui o artigo onde te explicamos todas as vantagens ao utilizares o cartão Revolut. Se quiseres pedir já o teu cartão Revolut gratuitamente, solicita-o através deste link (nós oferecemos-te os portes de envio de 5.99€).

Aeroporto principal:

O Aeroporto Internacional Ben Gurion é o maior aeroporto internacional de Israel. Localizado em Tel Aviv.

Cuidados de saúde:

Não são necessárias medidas especiais de prevenção. No entanto, se permaneceres pelo menos 4 semanas em Israel, deverás ter um certificado internacional de vacinação e profilaxia contra a poliomielite, nos 12 meses anteriores à saída. Se não tiveres esta vacina, poderás ter de ser novamente vacinado à saída de Israel ou à entrada de países onde a poliomielite está eliminada.

Seguro de viagem para Israel:

Viajar com um seguro de viagem, foi algo que só com experiência (e algumas situações menos agradáveis) percebemos ser essencial. Não é só a tranquilidade que isso traz que nos permite aproveitar ao máximo a viagem, mas também a comodidade de saber que aconteça o que acontecer temos sempre uma alternativa ou solução. Criámos um artigo ("Qual o melhor seguro de viagem para a Ásia?") que te explica porque não deves abdicar de um seguro quando viajas para Ásia e te indica qual o seguro de viagem mais adequado ao teu destino. Simula e compra através deste link o teu seguro IATI para Israel (os seguros de viagem que confiamos) e nós oferecemos-te 5% de desconto.

Quando ir a Israel:

A melhor época é entre Maio e Setembro. Irás encontrar um tempo quente. Entre Outubro e Abril, a probabilidade de chuva é maior.

Porque deves visitar Israel?

 
 

Não é um país que suscite de imediato uma viagem devido aos imensos conflitos que assistimos diariamente na televisão. Mas a sua imensa multiculturalidade que mistura tradição e modernidade é, sem dúvida, um isco para muitos viajantes.

O turismo religioso é um dos marcos de Israel, mas poderás também encontrar muitas outras maravilhas neste país. Desde as imensas praias, gastronomia, a vida noturna, as paisagens naturais, o desporto e, claro, toda a sua história e património arquitetónico.

Ou seja, não precisas apenas de embarcar para este país numa missão espiritual ou religiosa.  Há muito mais para conhecer e visitar em Israel. Motivos não te vão faltar e vamos já apresentar-te alguns.

Top 10 de lugares a visitar em Israel

Tel Aviv

Este centro económico de Israel e principal porta de entrada é um dos principais destinos para quem procura conhecer o lado mais urbano do país. Irás encontrar um ambiente moderno, com vários restaurantes que apresentam gastronomias de todo o mundo, uma belíssima orla marítima voltada para o Mar Mediterrâneo e um ambiente noturno interessante. Esta praia é, aliás, um dos principais atrativos desta cidade e proporciona um ambiente leve e tranquilo.

Em Tel Aviv encontrarás também uma oferta cultural interessante. Destacam-se os museus Tel Aviv Museum of Art e o Palmach, para além de alguns cinemas, teatros ou galerias de arte.

 
 

Massada

A Massada, vizinha do Mar Morte, é uma cidade antiga, construída em 30 a.C. Situada no topo de uma montanha e no meio do Deserto da Judeis, possibilita a visita ao palácio de Herodes.

Foi neste local que um conjunto de moradores judeus orquestraram um suicídio coletivo para não se entregarem ao exército romano. Conseguirás chegar lá através de um teleférico. Prepara-te para mais uma paisagem idílica, com falésias rodeadas por todos os lados.

 
 

Mar da Galileia

Também conhecido como Lago Tiberíades ou lago de Genesaré. Trata-se de um vasto lago de água doce, o maior no país. Localizado no Norte de Israel, fica a 213 metros abaixo do nível do mar Mediterrâneo e não tem qualquer ligação com outros mares.

Nesta região, encontrará várias atrações religiosas e históricas. Destacam-se os lugares de Tiberias, Tabga, Kibutz Ginosar, Cafarnaum. Em Tiberias poderá visitar as runas de Hammat.

 
 

Jerusalém

A capital de Israel é um marco! Esta cidade com mais de 3000 anos a.C. atrai todos os anos centenas de peregrinos de todos os cantos do mundo. Existem lugares sagrados para muçulmanos, católicos, judeus e seguidores de outras religiões. Ou seja, independentemente da tua religião, prepara-se para encontrar manifestações de fé em qualquer canto.

Jerusalém é sinónimo de “tradições”. É uma das palavras que mais se ouve por esta terra, palco de disputas ao longo de vários séculos. Poderás optar pelos caminhos de Jesus para a Via Sacra, visitar o Muro das Lamentações ou assistir a um esplendoroso pôr do sol alto no Monte das Oliveiras.

Na Velha Jerusalém irás encontrar os bairros Judeu, Árabe, Arménio e Cristão. Na nova área da cidade, poderás visitar o Museu do Holocausto e o Museu de Israel.  É uma cidade tão rica que te aconselhamos a contratar um guia para absorver toda a informação.

 
 

Ein Gedi

Localizada no Deserto da Judeia, perto da costa do Mar Morto a Reserva Natural de Ein Gedi é uma das zonas de caminhadas com maior popularidade no país.

Os amantes da natureza e do ar livre vão encontrar imensas trilhas que os vão levar à maravilhosas cachoeiras e oásis do deserto. Destacam-se a majestosa Caverna do Dodim ou a maravilhosa Cachoeira de Davi.

 
 

Eilat

Eilat é um dos balneários mais movimentados de Israel! Os seus recifes de corais no Mar Vermelho são conhecidos a nível mundial e um dos principais atrativos deste local. Prepare-te para encontrar imensos hotéis, restaurantes e lojas.

Para os amantes de desporto, têm imensas trilhas para percorrer a pé ou de bicicleta. À disposição também encontrarás uma vasta oferta de atividades aquáticas.

 
 

Vale Timna

A perto de 20 minutos do Eilat, irás encontrar o Parque Timna e com ele mais uma deslumbrante paisagem natural.

Destacamos as conhecidas formações rochosas que apresentam formas muito estranhas e tem nomes como “Cogumelo” e “Canhão Rosa”. Tens à disposição perto de 20 trilhas bem sinalizadas e com diferentes níveis de capacidade. Nestes percursos irás encontrar tesouros geológicos e arqueológicos. E já agora, aproveita para recolher areia do deserto para guardares num frasco de vidro e assim criares a tua própria recordação.

 
 

Cesareia Marítima

Outro dos pontos turísticos mais visitados em Israel. Neste parque nacional, encontrarás as ruínas de um porto e de uma antiga capital romana construída por Herodes.

Poderás visitar o Teatro Romano, a primeira instalação cultural de Herodes, que tinha como objetivo entreter os marinheiros que visitavam o local.

Outra das sugestões passa pela visita ao Palácio dos Recifes, o hipódromo, as casas de banho, o porto, o aqueduto romano ou o Museu Ralli.

 
 

Mar Morto

Bem no sul de Israel, no Deserto da Judéia, terás de passar obrigatoriamente pelo Mar Morto. Irá deslumbrar-te com as paisagens de cortar a respiração.

O Mar Morto está localizado a 400 metros abaixo do nível do mar, ou seja, é considerado o ponto mais baixo da Terra. O mar que na realidade é um lago confunde-se com o céu graças ao permanente nevoeiro que paira sobre a região. O resultado é uma paisagem deslumbrante. O mar com as suas propriedades medicinais convida os turistas que acabam por boiar e a lama negra proporciona um spa completamente natural!

 
 

Basílica da Anunciação

Localizada em Nazaré, a Basílica da Anunciação é constituída por dois andares. No primeiro, está localizada a gruta onde teria sido a casa de Jesus e no segundo encontrarás a paróquia, onde poderás observar o enorme vitral no teto. Também irás encontrar obras de imensos países católicos que tratam a Anunciação e um museu arqueológico.

Aproveita para caminhar ou rezar neste local, aproveitando toda a calma em redor.

 
 

Tens que provar em Israel

Shawarma

Prepara-te para saboreares uma deliciosa sanduíche preparada no pão sírio. No interior poderás encontrar carne de carneiro ou frango. É assada num espeto vertical. Os temperos variam de restaurante para restaurante. É uma das comidas de rua mais tradicionais que poderás encontrar.

 
 

Shakshuka

Outro dos pratos mais conhecidos de Israel. Trata-se simplesmente de ovos cozidos com molho de tomate. Esta é a base, mas depois vais deparar-te com diferentes combinações. Poderá levar pimentas, ervas, queijo, beringela, etc.

 
 

Msabbaha

Neste prato, irás encontrar hummus servido com salsinha e ovos. O hummus é uma comida muito típica em todo o Médio Oriente e consiste numa pasta de grão-de-bico, azeite, limão e alho. Para além de acompanhar muitos pratos, acaba por ser o centro principal de muitas receitas da gastronomia de Israel.

 
 

Onde ficar em Israel

Quando viajamos, sentimos que o sítio onde ficamos alojados pode valorizar ainda mais a experiência que estamos a viver. A localização, a vista, o conforto, entre muitos outros factores, é algo que gostamos de ter em conta.

É através do Booking.com que encontramos a melhor opção. Temos um guia que te pode ajudar nesta decisão importante. Vê o artigo “Guia para reservar alojamento com o Booking.com” ou começa já a tua pesquisa para qualquer tipo de alojamento para Israel através deste link. Em baixo, deixamos-te a nossa seleção de três hotéis incríveis em Israel!

Waldorf Astoria Jerusalém, Jerusalém

Sem dúvida, uma das melhores recomendações que te podemos dar! O Waldorf Astoria Jerusalém oferece uma vista sobre a cidade e está localizado a 2km do Muro das Lamentações. Maior centralidade, seria impossível. Irás encontrar um espaço com todo o conforto que precisas para descansar e ainda estarás perto do shopping Mamilla, a Igreja do Santo Sepulcro e a Via Dolorosa.

 
 

Dan Eilat Hotel, Eilat

Prepara-te para ter à tua espera um quarto luxuoso, com varanda e vista para o mar ou dpiscina. Neste hotel, poderás ainda desfrutar da banheira de hidromassagem ao ar livre e um centro de bem-estar moderno. Com excelente localização, estás a 3 km do centro da cidade de Eilat e a 5 minutos de carro do Aeroporto de Eilat.

 
 

The Drisco, Tel Aviv

A última recomendação que te propomos é o The Drisco, em Tel Aviv. Irás encontrar quartos amplos e com uma decoração agradável e acima de tudo um staff sempre disponível e amável para te proporcionar a melhor estadia. Para manteres o teu fitness, aconselhamos a que uses o centro de fitness com ginásio.

 
 

Se ainda tinhas algumas dúvidas, penso que já te esclarecemos. Israel é um país imenso, com uma vasta história e cultura que deves sem dúvida visitar.

5% de desconto em seguros de viagem!

Somos embaixadores da IATI e temos descontos exclusivos para ti.

Info Seguros de Viagem

Subscreve a nossa newsletter

Segue-nos!

Não percas nenhuma aventura dos honeymooners: